expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

.

.

segunda-feira, janeiro 23, 2017

LOCAL DA MORTE DE 33 DETENTOS, PRESÍDIO DE RORAIMA VOLTA A REGISTRAR TUMULTO

A guerra de facções mo Amazonas e em Roraima expôs a fragilidade do sistema penitenciário do Brasil
Um novo tumulto entre presos da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo voltou a ocorrer na noite deste domingorquivo/Agência Brasil

Um novo tumulto entre detentos da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo voltou a ocorrer na noite deste domingo (22). Segundo a Secretaria de Justiça e Cidadania, a confusão foi rapidamente contida por agentes penitenciários treinados para lidar com essas situações. Não houve feridos, nem danos estruturais à unidade.

No último dia 6, a penitenciária foi local do assassinato de 33 presos, mortos por outros detentos integrantes de facções criminosas rivais. Desde então, agentes da Força Nacional de Segurança Pública estão no estado, ajudando a Polícia Militar a fazer o policiamento ostensivo. Apesar da presença da tropa especial, ao menos três fugas foram relatadas nos últimos dias.

De acordo com a secretaria estadual, um grupo de internos sacudiu fortemente as grades das celas. Agentes penitenciários do Grupo de Intervenção Tática (GIT) foram acionados e controlaram a situação, sem a necessidade da presença de efetivos do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), que só ingressaram no presídio na manhã de hoje (23), para garantir a segurança dos agentes penitenciários que faziam uma varredura em busca de armas, drogas e outras substâncias e produtos proibidos.


Além da presença da Força Nacional, o governo estadual também pediu ao governo federal o auxílio de equipes das Forças Armadas. A solicitação foi feita um dia após o Palácio do Planalto autorizar, em caráter emergencial, o envio de militares do Exército, Marinha e Aeronáutica para revistar celas em busca de armas, drogas e celulares. Segundo a Sejuc, o governo ainda não teve respostas.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Opine com responsabilidade sem usar o anonimato usando a Liberdade de Expressão assegurado pelo artigo 5º da Constituição Federal.

Liberdade de expressão é o direito de todo e qualquer indivíduo de manifestar seu pensamento, opinião, atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, sem censura, como assegurado pelo artigo 5º da Constituição Federal.

Postagens populares

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO
MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

-. Certidão de Nascimento ou Casamento;
-. CPF, Identidade, Carteira Profissional e Titulo Eleitoral;
-. Prontuário Familiar;
-. Requerimento de Matricula dos Filhos, se tiver;
-. Ficha de Emergência, se tiver;
-. No caso de auxilio doença Atestado Médico.
-.No caso de Salário Maternidade Declaração de
Nascido Vivo e Certidão de Nascimento.
-. Carteira do Sindicato, se tiver, não tendo será
necessário fazer; para fazer a inscrição no sindicato,
trazer 2 fotos 3 x 4 e os documentos citados
-. Guia de Contribuição Sindical; se tiver;
-. Incra Atual da terra onde trabalha;
-. Contrato de Parceria ou Comodato Rural;
-. Declaração do Proprietário;
-. No Mínimo um documento contemporâneo
que prove ser agricultor(a)
-. Declaração de 3(Três) confrontantes da terra
onde trabalha e copia ITR de cada um deles

OBS: 02 Xérox de Cada Documento